Processo Sócrates: Veremos o poder da Maçonaria?

Confesso a minha surpresa pela detenção de Sócrates. Confesso que também me surpreendeu a mediatização da sua chegada a Lisboa, de terem avisado um órgão de comunicação para ser filmada o automóvel onde seguiu para a esquadra. Tratado como um criminoso qualquer, indignaram-se os seus simpatizantes... mas um dia saberemos se ele foi, alguma vez, mais do que isso. Um criminoso qualquer. Pois para mim foi isso e mais nada, sempre.

Depois de muito ter lido e, sem necessidade de muita reflexão, que a criatura me mereça, reconheço, acho que é muito fácil entender-se as razões para alguém, no perímetro jurídico desta investigação, ter intencionalmente pretendido mediatizar. Só alguém muito ingénuo acredita que as tradicionais personagens obscuras e subversivas do PS não tentarão, como no passado o fizeram, com as escutas destruídas e outros movimentos tipicamente maçónicos, influenciar, manipular e impedir mesmo a continuação desta investigação e um eventual julgamento. Já o estarão a fazer, desde o fim de semana, não duvido.

Por estas circunstâncias, se entende a preocupação de um juiz em assegurar que o processo ganha outra dimensão e se evita a esperada manipulação, que outrora veio do mais alto cargo da Magistratura, com essa vergonhosa e subversiva intervenção do Supremo Tribunal.

Mas a mim precupa-me que Sócrates escape, mesmo assim! Isso é que será muito preocupante, pois a criatura tem sido altamente perniciosa e danosa, para Portugal. As mais perigosas actividades de subjugação da Democracia a um indivíduo, pós-ditadura, se devem a este sujeito.

Acho um tanto insensato, ou mesmo ridículo que se misture processos, essa intenção sim com vista a desviar atenções deste em concreto, sabendo-se o que acima explico: uma das defesas da continuidade da investigação é precisamente tornar pública a mesma e com tantos detalhes quantos os possíveis ou recomendáveis. Pois Soares e quejandos tudo tentarão para impedir a sua continuidade. E os socialistas que tanto insistem em mencionar outros casos, a decorrer, e que com razão devem prosseguir, sejam eles afectos a que Partido forem, só estão a tentar, eles sim, desviar as atenções do "camarada" Sócrates, um indivíduo de muito baixo nível como ser humano.

Nem a suspeita força da maçonaria...

Não irão conseguir, desta vez!



Comentários

Mensagens populares deste blogue

Parece normal

Leituras recomendadas

Nenhum dia é suficiente para conter toda a luz