O Aborto Ortográfico

Mais uma que não entendo. E, lamento...da parte dos queridos professores, tão solícitos a defenderem direitos laborais, e tão 'nas tintas' para os seus alunos. OU alguém que me explique: porque razão os professores de Língua portuguesa, mas não em exclusivo, visto o uso da Língua respeitar a todos e a todos ser fundamental, não se insurgiram contra o Acordo Ortigráfico, e o recusaram adoptar? E, ao contrário, o adoptaram e obrigam ao seu uso? É Totalmente Ilegal, oh gente surda e iletrada!!! O AO é completamente ilegal! Além de ser a coisa mais estúpida e BURRA que vi fazer-se à cultura de um país. No Brasil, continuam a usar-se as consoantes mudas, por exemplo, que já antes se usavam, e essas mesmas foram por cá eliminadas, com a agravante da diferença de 'acentuação, de palatização! Mas além de tudo, o AO não podia ter sido posto em prática por uma Resolução da Assembleia da República, revogando um anterior Acordo, de 1945, aprovado esse por Lei! E também não o pode, porque parte de um Acordo Internacional nunca aprovado, excepto por dois países, contra a vontade de todos os outros, com quem se pretendeu acordar esta 'pseudo-reforma' da Língua. É, pois, ilegal, na ordem jurídica interna e na internacional. Ora..sendo os nossos queridos professores tão cultos, tão informados e tão competentes, que esperam para se recusarem a usar esta m... de acordo e para rejeitarem todo e qualquer manual ou livro que o tenha adoptado? Continuo à espera dessa simbólica mas fundamental dádiva dos nossos preocupados, interessados, empenhados Professores... E estou à sua disposição, para qualquer esclarecimento sobre o assunto maior da actualidade! Isso mesmo, assunto MAIOR!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Parece normal

Leituras recomendadas

Nenhum dia é suficiente para conter toda a luz