O que pesa mais? A Mac ou o AO 90?

Fecho da Maternidade Alfredo da Costa, ou não. Penso que será sempre uma decisão técnica, embora alguns 'esquerdas' facciosos, pretendam que não. A mulher de Louçã trabalha na MAC, ou trabalhou...daí a 'iniciativa de denúncia' do que Louçã não sabe, mas diz saber, mesmo que o Governo ainda não saiba, pois a decisão é do Centro Hospitalar do Centro de Lisboa. Mas para mim, o mais infame é pretender politizar tudo e atribuir responsabilidades, se for má decisão, pois até pode ser uma excelente decisão fechar o edifício da MAC. E politizar como sendo uma decisão de gente má, de gente de direita, que é má por natureza. Lembro que a decisão de estudar o fecho da MAC tem vários anos e foi de Correia de Campos, ministro socialista. E lembro que a MAC é um pardieiro, onde se remendaram, por diversas vezes, os 'buracos e as más condições', como, vendo a reportagem tendenciosa da Tvi, com olhos de ver, se notava a estreiteza dos corredores, das portas de acesso aos blocos...da exiguidade dos quartos. A equipa? Pode ser de excelência, não sou especialista. Mas as equipas excelentes precisam de edifícios históricos, ou de edifícios com condições humanas e técnicas adequadas? Há uns anos, uns cinco ou seis, o pessoal desta mesma MAC pretendia o seu encerramento, quando inventou um 'caso de um pó amarelo' que lhes provocava asfixias e alergias...nunca comprovadas. Mas o mais 'nojento' é o aproveitamento político. Tendo sido esta iniciativa, a de por em causa o funcionamento da MAC ali, naquele edifício, uma iniciativa de Sócrates e Correia de Campos. É só consultarem-se os jornais de há três e quatro anos. Interessante, mas não surpreendente, este alarido, que um povo 'indignado' pretende fazer, mas não o faz pela sua própria língua, assaltada e ofendida por um Acordo Ortográfico de 1990, ilegal e burro! Que não pode obviamente avançar.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Parece normal

Leituras recomendadas

Nenhum dia é suficiente para conter toda a luz