O Papa-deus

O Papa 'acusou' os ateus de se 'julgarem' deus. Não sabemos se a noticia e fiel as palavras de Bento XVI. Mas a serem, e ridículo da parte de um Papa, de uma Igreja que se julga com direitos teocraticos sobre os homens. Sobre todos nos, crentes ou ateus.

Esta mesma atitude e passível da critica mesma que o Papa pretende fazer, qual propaganda política a favor de uma religião tantas vezes abusadora de um poder que nunca devia ter possuído.

Por mim, o Papa que se fique na 'sua'. E que nos deixe sossegados na nossa serena e democrática convicção de que se inventou Deus e a Religião, qualquer delas, para esta confrangedora, mas perigosa, manipulação das nossas cabeças e dos nossos mais profundos medos, receios,p incertezas e angustias.

Nada de novo, afinal...

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Leituras recomendadas

Parece normal

Nenhum dia é suficiente para conter toda a luz