Dez Notícias do pior que temos

  1. Uma só 'pessoa' (enfim...um exagero, este epíteto, um ofensa a humanos decentes, desculpem-me) defende que Portugal não precisa e o Governo não vai pedir ajuda ao Fundo Europeu de Estabilização Financeira...adivinhem quem...(porque o orgulho, a vaidade, a cegueira e, principalmente, a lógica de Poder, pelo Poder, sem conteúdo e sem a mais ínfima competência, falam mais alto: uma criatura que odeia a Democracia e a tenta subverter, não a respeitando, desprezando os adversários, por se julgar superior, sendo óbvia a sua atroz inferioridade!)
  2. Governo recuou na cobrança de IVA para refeições doadas a pessoas carenciadas (e já os PEC todos pressionam mais os mais desfavorecidos). O que denota duas coisas: o PS é o Partido mais anti-social e mais injusto, desmacarando um mito instalado entre nós, sem fundamento. E quando há eleições, o PS é o mais demagógico e eleitoralista de todos, porque tem um forte apego ao Poder, vive e precisa do Poder. Pior é impossível.
  3. Sócrates queixou-se da oposição, do Parlamento, queixou-se dos parceiros sociais, queixou-se do Presidente da República. Pois quem esteve a governar não foi ele...Só ele está certo, só ele tem visão. Todos os demais estão errados. Portugal não tem a dívida pública que tem, nem a dívida externa, nem o défice, nem as desigualdades sociais (que se acentuaram enormemente nos últimos 10 anos), nem a depressão no investimento, nem o défice democrático (quando o Governo Exige 'contraditórios' uma expressão eufemística e amaneirada típica...Mas já os 'contraditórios' ao que o Governo diz e faz, esses são anti-patrióticos e são 'fascistas')...e, bem, a lista é infindável!!!
  4. "Santos Ferreira: Portugal deve pedir já um empréstimo externo de 10 mil milhões de euros". Ensinem o 'grande' gestor socialista que destruiu o BCP e o burocratizou bem à moda dos antiquados e anacrónicos socialistas que temos, a fazer umas continhas...só em pagamento de juros são necessários mais de 9 mil milhões. E só em pagamentos dos funcionários do Estado...o dobro...
  5. O 'diabo' FMI, é liderado por um socialista, bem retrógrado, e zero-liberal, o mesmo homem que os socialistas franceses querem que concorra contra Sarkozy. O amigo, aliás, que há uns bons meses dizia que Portugal não precisava de ajuda e as contas nacionais estavam bem (após o Verão de 2010).
  6. Espanha: Zapatero foge às responsabilidades do que destruiu: a Espanha tem uma das maiores dívidas externas do mundo (a terceira, atrás dos EUA e do Japão) e continua a insistir em obras faraónicas. Agora o homem que estoirou com as finanças de Espanha, foge e não se recandidata. Já assegurou o seu futuro pessoal...Mesmo assim, é de louvar que, ao contrário do mafioso insuportável que temos, ele vá livrar os espanhóis do suplício e da desgraça. Quando ele se for, logo saberemos como manipulou as estatísticas oficiais daquele país e os indicadores oficiais, como os que ainda ontem o Banco de Espanha inventava...
  7. Temos agora de nos aguentar com a vergonhosa e infame campanha nojenta que Sócrates prepara (ele nunca fez nada errado, não fez nem um só erro, e a Oposição e o Presidente da República é que governaram...ah! e em conjunto com os 'especuladores injustos' que nos classificam mal e nos infligem juros elevados)
  8. Nunca o PS cumpriu uma só vez o défice a que se tinha comprometido: isso mesmo já o tinha afirmado o Tribunal de Contas e o INE confirmou há dias. Como é seu estilo, Sócrates deu ordem para que se inventassem números...e isso, pagamos nós agora (é o que chamam de investidores infames e especuladores, que, obviamente, sempre souberam a verdade dos nossos números e a mentira dos indicadores 'oficiais')
  9. Felizmente será humilhado nas eleições: Sócrates afirma que vai insistir na m...do TGV!!!??? que não faz falta a ninguém e que só nos afundaria mais. Isto já não é teimosia, nem outra coisa senão um estado patológico preocupante (apenas porque o PS não o substituiu ainda).
  10. "Ninguém na Europa percebe por que razão o governo não solicita ajuda à Comissão Europeia para beneficiar da assistência do Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (FEEF) e do Fundo Monetário Internacional (FMI) quando os mercados já cobram juros de 10%", diz ao i fonte comunitária. "Por aqui diz-se que Portugal deve estar louco". Portugal não está louco. Mas Sócrates anda a abusar da nossa paciência!








Comentários

Mensagens populares deste blogue

Parece normal

Leituras recomendadas

Nenhum dia é suficiente para conter toda a luz