O Grande Dilema

O grande Dilema não pertence aos polítcos, embora alguns o tenham neste momento, particularmente o PSD e o CDS-PP, para além do Presidente da República. Mas o Dilema sério e difícil é o que os Portugueses eleitores e preocupados com o seu país, têm e terão até ao próximo ano.

O Dilema é viver com um Orçamento claramente recessivo e asfixiante, e com um Governo dirigido por mentirosos falsos sem nível algum O Dilema está entre o que é melhor, se viver com a desgraça garantida ou com a gestão das mentiras e burlas estatísticas que aí vêm, pela mão de Sócrates, uma vez mais.

Porque o Orçamento para 2011 passará, poque tem de ser, e não por ser bom ou útil, mas porque o PS encenou toda a estratégia de modo a não se poderem realizar as eleições antes de Maio de 2011. Essa a razão porque há quatro meses as medidas do PEC eram suficiente agora já não o serem. Porque esta situação apresentada sem saída há meses podia ter conduzido a eleições e o PS as perderia. Assim, Sócrates passará agora a gerir o tempo eleitoral e assim, a gerir as novas e também as mesmas mentiras: que as medidas do OE 2011 estão a resultar, que já se vê crescimento da economia e corte de despesa (desviadas para outros lados), que o Governo conseguiu controlar o défice, que afinal já se podem (re) lançar as grandes Obras Públicas (faraónicas) do TGV, Aeroporto de Lisboa e outras asneiras, que o emprego está a recuperar (nem que ele descubra dois segundos num dia em que tal aconteça)...

E a verdade só será descoberta, como agora, já em 2012. Esperançadamente com um Governo que não do PS e nunca com Sócrates!

Mas até lá...temos todos o Dilema: gerado um péssimo e ineficiente Orçamento de Estado e a preparação das próximas eleições legislativas com a máquina teatral do PS a gerar falsos números e a falar do fundamental 'optimismo' (pois que com optimismo isto vai lá...)

Nestes dias, pois, deixar-se-á passar um Orçamento que é uma espécie de carta branca para tudo o que de pior Sócrates ainda nos pode dar, de mentiras, de propaganda, de falsidades, de teatro, e política de baixo nível...

O Dilema nunca terá, como se imagina, um bom desfecho...a não ser, que de uma vez, o PSD e a Oposição em geral, ponham termo a esta farsa da nossa vida política e corram com este Sócrates, mesmo que apenas em 2011. Mas aliás eu já dizia há muito que Sócrates não passaria de 2011...veremos, então até onde vai a inteligência e habilidade do PSD.  Do PS já nada de bom vem ou depende!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Parece normal

Leituras recomendadas

Nenhum dia é suficiente para conter toda a luz