Noite

A noite tantas vezes traz sentimentos fortes, algo contraditórios. Traz angústia aos que sofrem, talvez por ter chegado o fim de mais um dia e tudo nas suas vidas permanecer como estava, antes dela chegar.

A noite traz promessas de felicidade a outros, aos que a esperam por ser ao final de cada dia que se podem entregar aos sentimentos e aos prazeres. Traz o melhor do dia a esses que se amam, e horas únicas no seu silêncio privado. 



A noite traz alegrias, pelas festas que traz, paródia e boa disposição, música com tempo para ser ouvida, descontracção a outros. A noite pode ser uma festa, e é-o para os de boa atitude e que passam bons momentos, na fase em que se encontram.  

A noite traz a maior tristeza do mundo aos infelizes e aos solitários, que não sabem ou não podem ou querem sair do seu deserto. A noite é um buraco desconhecido para as crianças que vivem uma solidão atroz e injusta. Traz os medos do desconhecido e da entrega ao descanso diário, aos que, idosos ou doentes, temem o pior, a cada dia, a cada noite, para si  mesmos.

A noite é o tempo de entrega dos amantes e o momento de declaração de sentimentos, aos apaixonados.

É a noite tempo de incerteza para alguns e de certeza e segurança para outros.

É a noite, como o Inverno e os tempos de pausa e hibernação, ou estivação, o tempo, que sempre avança, de renovação. 

A renovação para os amigos que se encontram em festas e convívios, para os amantes que se entregam, para os doentes e sofredores, que após ela renovam a esperança de mais um dia e uma noite...ultrapassada.

A noite é o silêncio a que se entregam os que dele precisam, nas suas reflexões e tempo de recolhimento. Para os que se afastam, por querer e sem querer, dos seus mais queridos. O silêncio da noite pode trazer a esperança no dia seguinte ou a incerteza de não se saber o que no dia seguinte muda ou não, e se...

...o mundo ao acordar é já o que deles esperavam, na noite anterior.

Boa noite!
Gute Nacht!
Bonne Nuit!
Good Night!

Tomorrow will come and reborn...a fresh new day for you all!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Leituras recomendadas

Parece normal

Nenhum dia é suficiente para conter toda a luz