De férias (sem as merecer...) ou escondido ...?


Sócrates por onde anda? De férias, em Espanha, nas Baleares, como propagandearam os 'seus' amigos (e da ERC) nos órgãos de comunicação afectos?

Ou escondido, a preparar mais uma das suas conspirações (comunicados da ERC em véspera de campanhas eleitorais...controlo de jornalistas, através da famosa, famigerada, atribuição de 'competência' jornalística, na senda do que já Soares e Guterres haviam feito, manipulando assim a Comunicação Social?) e manipulações (telefonemas a juízes, a órgãos de comunicação, a adminidtarções de empresas com participação do Estado, etc?

Ou nem já disso necessita, porque o trabalho já estava feito, há muito?

Ele (e eles, no PS) tem como certa a sua vitória... mas veremos. Veremos se o povo português tem andado tão ensonado que nem estes atentado contra a democracia, de que nem Salazar se podia gabar de conseguir fazer com tanta mestria, subtileza e, sobretudo eficiência, conseguiu discernir e registar?

Ou... mesmo com as trapalhadas do PSD ou de alguns dos seus 'barões' como lhe gostam de chamar alguns órgãos de comunicação (sim que no PS não os há... imagine-se...), aliás típicas de quem é mais genuíno e, consequentemente menos subtil e perigoso, a M. Ferreira Leite, já na sua provecta idade, ainda lhe chega e bem...

Por mim, deve ganhar quem o mais merece, entendido isto como 'quem tem a capacidade'. Ou seja, se as 'trapalhadas do PSD' (não digo dividido, já que algumas vezes 'está dividido', outras, por não estar 'dividido' é... pela unicidade e pouco democrático... entendam-se Oh jornalistas! e menos facciosismo socialatista...)

E se Sócrates ganhar, serão mais quatro anos em que não sentirei que temos Primeiro ministro, um direito meu, pois a lei, mesmo a Constituição não está acima das pessoas, ou de mim...

Há dias, num tele-jornal ouvi 'o Engº Sócrates', logo seguido de a Manuela Ferreira Leite...

Os títulos não nascem connosco, bem sabemos. E valem o que valem. E não é por ter um título académico que um governante é melhor, no seu desempenho, que o mesmo é dizer, ao Nosso Serviço e para Nos Prestar Contas. Mas entre dar um título académico a quem não tem nenhum (Sócrates) e o retirar a quem é Professora Catedrática...

Veremos...


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Parece normal

Leituras recomendadas

Nenhum dia é suficiente para conter toda a luz