Normal? Nahhh....


Sempre me senti uma pessoa normal. Apenas mais uma pessoa. Mas...apenas com uma imensa mania: não saber parar. Parar de me auto-aperfeiçoar, ser melhor e, assim sentir-me bem, comigo e com os outros. Mas, se me esforço para ser melhor, e estar melhor com toda as pessoas com quem me relaciono, verifico algum ou, por vezes muito, insucesso, em fazer-me compreender. Ou seja, em ser aceite. Como sou.

Um completo insucesso com muita gente. Que não posso, justamente, atribuir a essas pessoas. Mas sim a mim mesmo, por não me ter sabido relacionar. Embora...às vezes me 'cheire' que comigo, como com todo o mundo, neste miserável país de gente mal formada e invejosa, lidar com alguém que, eventual e muito relativamente, lhes possa parecer melhor, se verifique impossível, um fardo, uma tortura.

E, assim, confirmo o que já há muito sabia: há muitas pessoas que se afastam de nós, ou nem se aproximam, por manifesta incapacidade de lidarem com que lhes pode parecer melhor do que elas mesmas se julgam ser.

Que pena...

E que sejam muito felizes...mesmo que nessa invejosa mediocridade.

Ah...que me chamem os nome(zinhos) que lhes aprouver a imensa imaginação. Comecemos por arrogante...

Bom proveito!

Comentários

Moi disse…
De repente vem-me à memória o António Dâmaso e o erro do outro...

"Pensas mas nem sempre existes"

Nem sei porque pensei nisto.
Claro... Será por uma questão de reflexo?

El arrogante
Moi disse…
Contigo é mais uma questão de refluxo!

Mensagens populares deste blogue

Leituras recomendadas

Parece normal

Nenhum dia é suficiente para conter toda a luz