Desligar ou exasperar-me?

Hoje assistindo a um pouco, apenas a um pouco, da discussão sobre o Orçamento de Estado para 2006, espantei-me e exasperei-me (porque ainda me admiro eu com tais coisas, depois de tanta intolerância e arrogância demonstrada? Ainda por cima por gentinha tão menor e mal formada, mas de uma repetida incompetência que nos sairá, a todos, a eles também, muito cara) quando, pela observação de António Pires de Lima, Sócrates- com a sua arrogante má-criação com que, diariamente, nos presenteia fazia gestos, trejeitos e observações para o lado, para os seus (coitados) ministros...

...após o que deu recado ao ministro dos Assuntos Parlamentares (os dos Recados Parlamentares, tal a desconsideração que esta maioria absolutista -ou será poder absoluto?- nos habituou)...

Cada dia tenho mais vontade de desligar. A mim e à TV.

Um desgraçado orçamento que tenta - pretende, aliás- equilibrar as contas nacionais com mais receita, mas com (quase) a mesma despesa... é ...de rigor??? Hmmm, talvez, talvez, como introspecção democrática, mas de eficiência??? E o TGV, e a OTA e as SCUTS???

Eles são, afinal, pagos para tanto disparate?

Comentários

Pitucha disse…
Abf
Vim até aqui porque os nossos caminhos, estando próximos, ainda não se tinham cruzado.
Aproveito para responder a um repto deixado no Espumante sobre a direita xenófoba. Infelizmente é mesmo a direita que tem um discurso mais abertamente xenófobo (falo da extrema direita, género Le Pen em França e Vlams Blok aqui na Bélgica). A esquerda padecerá do mesmo mas apresentao pacote de outro modo.
De qualquer modo, não chegues a conclusões apressadas da leitura do meu blogue ou dos comentários que faço: tenho opiniões, tenho posições (talvez até mais próximas das tuas do que imaginas) mas o estilo que me imponho é mais "ligeiro". Não concluas portanto, dizia eu, que aquilo que escrevo é tudo aquilo que penso e que mais nada passa dentro da minha cabeça.
COntinuarei a seguir o teu blogue.
:-)
abf disse…
Pitucha
Obrigado pelo comentário. Claro que todos temos o nosso estilo e, alguns terão falta de qualquer estilo, enfim, mas entendo bem que os pontos de vista por vezes próximos, podem ser apresentados de forma diferente. Eu sou mais directo, porque sempre assim o quis ser. No que me comentas, cobre o que escrevi no Espumante, quis apenas referir que a xenofobia não é propriedade da direita (e não aprecio classificações direita-esquerda, mas...tudo bem). Ontem ouvi o arrogante do Jorge Coelho chamar de "palhaço político" ao Sarkozy. Não sendo xenofobia, roça o insuportável, da mesma forma...
Todos os dias oiço o Soares atacar Cavaco, e tentando difundir a imagem de perigo da direita, isto vindo de um homem que nunca tendo trabalhado sempre foi um privilegiado e se dá ao luxo de, arrogantemente, poder atacar um outro que sempre trabalhou, tem origem humilde e sempre viveu do que foi conseguindo pela vida. Como gente normal. é isto que não suporto. São estas mentiras ou menos-verdades que não tolerarei, nunca.
Também vou tentar visitar o teu blogue que, aliás aprecio e me dá prazer. Mas nem sempre estou à frente do PC para o poder fazer, pois movimento-me muito pelo país.
:))

Mensagens populares deste blogue

Leituras recomendadas

Parece normal

Nenhum dia é suficiente para conter toda a luz