To New Orleans

Conheci New Orleans em 2000. Gostei imenso da cidade, por ser diferente, por ter um bairro francês bonito e animado. Pelo Jazz, pelas luzes ao fim do dia, pela "loucura" dessa cidade pouco americana. Pelo Preservation Hall e todos os demais locais de música genuína, dessa cidade única, agora ferida.

Hoje sinto uma tristeza pela cidade e esforço-me por recordá-la tal como a conheci. Arrepia-me pensar na inundação da cidade e ainda mais, no desalojamento de tanta gente, na desolação e nas horas difíceis porque estão a passar.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Parece normal

Leituras recomendadas

Nenhum dia é suficiente para conter toda a luz